cases‎ > ‎sucobras‎ > ‎

desafios propostos à Bematech

Com a rápida evolução dos negócios da Sucos do Brasil S/A e o conseqüente aumento do fluxo de informações e dados à serem tratados, surgiu a necessidade de utilização de um sistema de gestão robusto, de operação simplificada e flexível a ponto de poder ajustar-se ao crescimento dos negócios e à realidade da empresa, além de ser de fácil instalação e com sua implantação segura e veloz.

A empresa pretendia obter uma redução dos custos operacionais decorrentes da automação de ampla gama de suas atividades, e que o sistema a ser implantado atendesse primordialmente as áreas de Vendas e de Logística.

Um dos motivadores da busca por um novo sistema de gestão da Sucos do Brasil S/A foi a otimização do seu Centro de Distribuição, visando diminuir as possibilidades de retrabalho e equívocos gerados a partir das operações manuais de controle de estoque, através da automação destas atividades.

Outro fator preponderante para a decisão pelo novo modelo de gestão (ERP) foi a necessidade de viabilizar um completo controle de todos os recursos da empresa e em tempo real, sem barreiras geográficas e que permitisse a completa interação de todos os usuários do sistema, pois a empresa possuía unidades em locais diferentes e distantes entre si.

Igualmente importante foi a garantia de qualidade das informações geradas, sua confidencialidade em todas as etapas de processamento das informações, um suporte operacional ágil e eficiente e o controle eficaz da movimentação de entrada e saída de sua linha de produtos, que se caracteriza pela exigência do cumprimento de prazos de validade.

Por fim, que o sistema a ser utilizado permitisse uma drástica redução do tempo transcorrido entre o processo de vendas e o envio das mercadorias à sua clientela.