software‎ > ‎módulos‎ > ‎administrador‎ > ‎manuais‎ > ‎

Configuração de atualizações

Introdução

Através desta configuração, o administrador passa a ter o controle sobre alguns aspectos envolvidos em tais atualizações. O maior benefício disponível é, sem dúvida, o de se poder restringir quais bases serão aceitas como fonte das atualizações. Observe que, quando criada, esta configuração reside na base de destino e tem, em seus parâmetros, uma listagem das bases de origem que estão autorizadas a demandar a atualização. Dessa forma, a atualização só será aceita se for enviada a partir de uma das bases autorizadas. Também será possível designar qual papel, grupo ou usuário estão autorizados a realizar a atualização.

Objetivo

Cadastrar configuracões de atualizacões para estabelecer sobre quais regras as atualizações estarão submetidas.

Estrutura do guia

A estrutura conceitual dos assuntos abordados nesse guia é:

  • Fluxo Operacional
    • A grade de configuração
    • Criando uma configuração
    • Explicando a configuração

Fluxo Operacional

A grade de configuração

Ao acessar o processo Admin > Atualização > Configuração, será apresentada a grade Configuração de Atualização. Caso haja apenas uma configuração criada, esta grade estará no modo de visão formulário. O modo de visão formulário também será visualizado no momento de cada inserção de uma nova configuração. De outra forma, caso haja mais de uma configuração cadastrada, a grade será visualizada no modo tabela.

Criando uma configuração

Ao clicar no botão Inserir da grade Configuração de Atualização, será solicitado o nome da regra que se está cadastrando. Neste cadastro, o campo Habilitado já virá marcado, indicando que, assim que o cadastro for inserido, ele já estará vigorando.

Uma vez criada uma configuração, é ativado o modo de controle das atualizações, ou seja, serão aceitas apenas as atualizações que se enquadrem em pelo menos uma das regras estabelecidas.

Caso não haja configurações, ou mesmo se todas as configurações estiverem desabilitadas, a base não estará restringindo ou estabelecendo regras para as atualizações recebidas; isso equivale a dizer que qualquer administrador da base poderá fazer qualquer tipo de atualização vinda de qualquer base.

Explicando a configuração

O significado de cada campo da configuração está na listagem abaixo:

  • Requer Testes - Indica se a atualização deve ser precedida pela execução bem-sucedida dos testes na base de origem;

  • Atualização completa requer todos os produtos - Caso esta opção esteja marcada, quando esta base receber uma atualização completa, será requerido que essa atualização seja feita com todos os produtos licenciados. Observe que esta restrição é válida apenas para a atualização do tipo COMPLETA. Na grade “Tipos de Atualização”, logo abaixo, se a atualização do tipo TABELAS ou VFS estiverem cadastradas, esta base poderá receber atualizações pontuais de produtos específicos;

  • Atualização parcial requer detalhes - Caso esta opção esteja marcada, quando esta base receber uma atualização pontual através do processo Atualizar VFS ou Atualizar Tabelas, será requerido detalhes como o requisito que demandou a atualização e um texto explicando basicamente o que está sendo ajustado;

  • Permite atualizações de versões anteriores - Quando marcada, indica que esta base aceitará atualizações de bases com versão inferior a sua;

  • Permite reinício automático do Engine - Quando marcada, indica que o Engine servidor desta base pode ser automaticamente reiniciado após uma atualização do aplicativo. Esta autorização só será plena se o usuário responsável pela atualização estiver associado a uma política de segurança cujo campo “Permissão para reiniciar Engine” tenha sido marcado. É importante observar que esse campo está presente tanto na política de segurança de usuários quanto na política de segurança de computadores.

  • Estágio mínimo de estabilidade - Define qual o estágio mínimo de estabilidade que esta base aceita através de atualizações. Abaixo estão as definições de cada nível de estabilidade, da menos estável para mais estável:

    • ALPHA - Versão em testes liberada para a equipe de desenvolvimento.
    • BETA - Versão em testes liberada para uso do usuário final.
    • RELEASE - Versão estável e congelada, é alterada apenas para correção de defeitos.
  • Bases de Dados - Bases de dados relacionadas com a configuração. É importante observar que as bases deverão estar cadastradas no Sistema através do processo Admin > Atualização > Bases de dados. Outra notoriedade é que uma base de dados só poderá está associada a uma única configuração por vez.

  • Grupos, Papeis ou Usuários - Lista dos grupos, papeis ou usuários com permissão para realizar a atualização aqui configurada.

  • Tipos de Atualização - Listagem com os tipos de atualização aceitos por esta configuração. Atualmente, estão cadastrados 4 tipos de atualização: COMPLETO, ENGINE, VFS e TABELAS. Estes tipos estão intimamente relacionados com os atuais processos de atualizações do Sistema, ou seja: Atualizar Produtos, Atualizar iEngine, Atualizar VFS e Atualizar Tabelas, respectivamente.