configurações do controle de portaria

Antes de iniciar as configuração como os processos e relatórios obedecem as regras ditadas pelas configurações de permissões, deve ser conferida as permissões de cada usuário, antes de se iniciar o seu uso. É importante definir as pessoas que terão o poder de criar situações, fluxos, tarefas, bem como aprovação de fluxos, execução e conclusão de tarefas de controle de portaria. Tal configuração pode ser feita através do caminho: Unum>Admin>Segurança>Permissões>Permissões. No seguinte caminho na árvore de permissões: Raiz/Dados/Transacionais/Tarefas/Administrativas/Controle de portaria e Raiz/Products/UNUMgateControl/Controle de portaria. Após a conclusão da criação dos cadastros e a verificação das permissões devem ser realizadas as seguintes configurações:

Criação do fluxo - Deve ser realizada a criação de um fluxo de tarefas utilizando as situações cadastradas dentro da classe de controle de portaria. O fluxo deve basicamente conter uma situação "inicial', "execução", conclusão, lembro que podem ser criado um fluxo com quantas situações forem necessárias conforme a realidade do cliente. Localização na árvore do sistema: Unum > Controle de portaria > Configurações e manutenções > fluxo de tarefa.

Customização das situações -  Com um fluxo de acesso definido deve ser identificada a situação "inicial", que é a primeira situação do fluxo que a tarefa ira ficar no mento de sua criação. Em seguida poderá ser realizada uma série de validações nas situações sejam elas por campo obrigatório, usuário, maiores detalhes podem ser observadas no configurações do tarefa. A customização poderá ser realizada em: Unum > Controle de portaria > Configurações e manutenções > fluxo de tarefa, colocando a situação em modo ficha.

Aprovação do fluxo criado - Com o fluxo de controle de portaria definido e a as suas particularidades configuradas, deve ser realizada a aprovação do fluxo. Observe que a partir do momento em que um fluxo é aprovado não é mas possível a realização de sua edição. E após a criação de tarefas com ele não será mas possível a sua desaprovação. Para a realização da aprovação deve ser selecionado o fluxo que deseja aprovar e em seguida acionar o botão "aprovar". Será inserido na coluna  aprovador o nome do usuário que realizou a aprovação e na coluna aprovação a data de aprovação do fluxo. A aprovação é realizada no seguinte caminho na árvore do sistema: Unum > Controle de portaria > Configurações e manutenções > Fluxo de tarefa.

Associação do fluxo a classe de tarefa do controle de portaria - Com o fluxo devidamente aprovado e configurado, deve ser realizada a associação do fluxo a classe de tarefa do controle de portaria, é nesta associação que diferenciamos a uma tarefa de controle de portaria de uma outra tarefa o sistema. Por padrão existe a classe "controle de portaria" apresentada na grade classe, no seguinte caminho no sistema: Unum > Controle de portaria > Classes de tarefas, porém poderão ser criadas novas classes conforme a necessidade filhas de controle de portaria. Ainda dentro de classes de tarefas deve ser selecionada a classe que terá um fluxo de tarefa associado. Ao flegar a classe "controle de portaria", dentro da grade classe, será observado que do lado direito na grade propriedades vai surgir uma série da campos a serem preenchidos que são apresentados detalhadamente no configurações do tarefa, deve ser observada a grade "fluxo de situações", nesta grade deve ser realiza a inserção do fluxo do controle de portaria. Observe que a data de início da vigência será preenchida podendo ser inserido a data de término conforme a necessidade.

Grades adicionais - Caso seja necessário é possível a inserção de grades adicional em uma tarefa de controle de portaria, para tanto basta inserir na grade informações adicionais, em: Unum > Controle de portaria > Classes de tarefas, a grade desejada.


Comments