software‎ > ‎módulos‎ > ‎desenvolvimento‎ > ‎manuais‎ > ‎

Atualização de produtos

Introdução

O processo de “Atualizar Produtos” permite que sejam enviados todos os componentes das licenças que existem na base destino, conforme configuração de políticas de segurança para um grupo, papel ou usuário.

Objetivo

Realizar atualização dos componentes novos e correções de um ou mais produtos para uma base, dentro da politica de segurança configurada para um grupo, papel ou usuário.

O procedimento deve ser realizado a partir do processo:

  • “bematech/Desenvolvimento/Atualização/Atualizar Produtos”

Estrutura do guia

A estrutura conceitual dos assuntos abordados neste guia é:

  • Pré-requisitos
  • Fluxo Operacional
    • Atualização do aplicativo da base de destino
    • Determinando as licenças que serão atualizadas
      • Atualização para licença custom
      • Opções complementares
    • Criação de tabelas e campos
    • Alteração e exclusão de campos
    • Criação de índices
      • Opções complementares
    • Relatório final da atualização

Pré-requisitos

Buscando um alinhamento conceitual, voltado para a nomenclatura básica do software Bematech ERP, sugerimos a leitura dos itens abaixo:

Fluxo Operacional

  • Atualização do aplicativo da base de destino - Inicialmente, será verificado se a base de destino está com o engine na mesma versão do engine da base de origem. Caso os engines estejam com versões diferentes, será feita uma sugestão para atualização imediata. Caso os engines estejam com versões diferentes e não se deseje fazer uma atualização neste momento, uma última mensagem alertará para o risco que é seguir sem a atualização. Finalmente, caso o usuário opte por continuar sem a atualização, o processo seguirá normalmente nas etapas de atualização do esquema e dos demais registros do banco de dados.

  • Determinando as licenças que serão atualizadas - As licenças serão exibidas na grade de “Produtos Licenciados” e o usuário deve selecionar as que deseja atualizar.

    • Atualização para licença custom - Deve ser configurada na base de destino, no cadastro de bases, para permitir que a seleção do produto cutom esteja habilitada.
    • Opções complementares - As opções são:
      • Habilitar contagem de registros.
      • Remover produtos não licenciados.
      • Executar testes na origem.
  • Criação de tabelas e campos - Após selecionar as licenças que devem ser criadas, o usuário pode determinar quais tabelas e campos serão criados no banco de dados através das grades que serão exibidas no momento da configuração.

  • Alteração e exclusão de campos - O usuário pode determinar também quais campos serão alterados ou excluídos no banco de dados. Em casos de alteração, o novo e o antigo tipo do campo serão informados na grade.

  • Criação de índices - Após selecionar as alterações, criações e\ou exclusões, o usuário poderá criar índices no banco de dados no intuito de otimizar as consultas realizadas na base.

    • Opções complementares - As opções são:
      • Computar estatísticas.
      • Criar índices on-line.
  • Relatório final da atualização - Ao final do processo um relatório é exibido com as versões das licenças atualizadas, campos criados, excluídos e/ou alterados, índices inseridos e/ou excluídos, permissões geradas e diretórios/arquivos órfãos.


Importante: o servidor que irá receber a atualização deve estar configurado para permitir a escrita no diretório de instalação do Engine. Essa configuração é realizada por meio do campo "Allowed Backup Target Path" da seção "General" do Manage. Neste campo, deverá ser informado o caminho da instalação do Engine.