software‎ > ‎módulos‎ > ‎financeiro‎ > ‎manuais‎ > ‎

manual do serviço de pagamento


APRESENTAÇÃO

Este manual tem por objetivo auxiliar o usuário do sistema, na operacionalidade da utilização dos processos de EDI bancário.
Para iniciar a utilização dos processos do EDI Bancário, o administrador do sistema deve ter feito toda a configuração e cadastros necessários, conforme informado no manual de Cadastros e Configurações para implantação do EDI Bancário (Serviço de Pagamento).

Aconselhamos que o usuário a utilizar os processos de EDI Bancário tenha conhecimento dos conceitos do Sistema UNUM, conhecendo o processo e consultas de títulos.

O usuário deve, antes de iniciar a utilização dos processos de EDI, certificar-se com o Administrador do Sistema se a configuração foi finalizada e verificar o nome da Carteira de Cobrança que será utilizada no EDI.


PREPARAÇÃO DOS TÍTULOS PARA ENVIO NO EDI

Antes de efetuar a geração do arquivo o usuário deve ir ao processo de Títulos localizado em: Financeiro > Títulos > Títulos, pesquisar e selecionar os títulos que deseja enviar para o banco.

Após selecionar os títulos o usuário deve saber qual meio de pagamento que irá enviar para o banco efetuar o pagamento dos títulos. Podem ser enviados títulos, utilizando os meios de pagamento:
  • Via boleto bancário;
  • Via concessionária;
  • Via TED, Transferência e DOC.
Caso o título seja boleto bancário ou pagamento de concessionária (exemplo: água, luz ou telefone) deve-se preencher o campo Nr.boleto com o código de barra, localizado na própria grade Títulos. Quando a forma de pagamento for transferência, TED ou DOC deve-se preencher os campos banco, agência e conta corrente e caso o banco for Caixa Econômica Federal (CEF) preencher também o campo tipo de conta bancária, esse campos ficam localizados na grade Dados Complementares abaixo da grade Títulos.

Depois de realizadas as alterações nos títulos, deve ser efetuada a alteração da Carteira de Cobrança para a Carteira criada para ser utilizada pelo EDI Bancário, o nome da carteira será informada pelo Administrador do sistema.

O usuário pode utilizar a grade Campos a Alterar para as alterações em massa. Por exemplo: para alterar a carteira de diversos títulos, nesse caso, o usuário deverá selecionar os títulos e informar na grade campos a alterar a nova carteira e clicar no botão Alterar campos.

Ao finalizar as alterações das carteiras de cobrança o usuário deve clicar no botão Gravar para que possamos efetuar a geração do arquivo de remessa. Lembrando que todos os passos devem ter sido seguidos para que o arquivo possa ser gerado corretamente.



 

GERAÇÃO DO ARQUIVO

Para efetuar geração de arquivos EDI Bancário o usuário deve clicar na barra de menu principal, em Ir Para e em seguida, selecionar, na árvore de navegação principal do sistema, a seqüência Financeiro > EDI Bancário > Remessa. Nesse caso o sistema vai exibir a figura a seguir, onde o usuário deve informar as variaveis de seleção dos titulos que deseja enviar, conforme pode ser visto a seguir.



Deve ser informado na grade de Pesquisa de Títulos a Carteira de Cobrança configurada com o tipo de serviço de pagamento, que deve ser a mesma informada nos títulos de acordo com o capítulo anterior.

Observe que o sistema solicita que seja informado a localização que será gerado o arquivo e o número seqüencial do arquivo que não deve se repetir. Após o usuário informar os filtros de pesquisa que deseja na grade Pesquisa de Títulos, deve clicar no botão Buscar Pendências.

O usuário pode observar que os títulos que resultaram da pesquisa são apresentados na grade Pendências. Veja então a figura a seguir.
 


O usuário deve selecionar os títulos que serão enviados no arquivo, após seleção deve clicar no botão Gerar Arquivo, onde será apresentado o leiaute do arquivo. Neste momento, o arquivo com extensão .REM já é criado na localização informada. Pode ser visualizado na figura acima que temos o botão Reiniciar Pesquisa, utilizado para deixar a grade Pendências sem nenhum registro, permitindo que seja efetuada uma nova pesquisa. 

Caso o usuário deseje desfazer a remessa gerada, deve então utilizar o processo Detalhar ou Desfazer, localizado em Financeiro > EDI Bancário. Serão apresentadas mais informações sobre esse processo no item Detalhar ou Desfazer.


 

RETORNO DO ARQUIVO

Para recepção do arquivo, o usuário deve clicar em Financeiro > EDI Bancário > Retorno. Nesse caso, o sistema vai exibir a figura a seguir, onde o usuário deve onde informar onde o arquivo está localizado incluído o nome do arquivo com extensão e a conta corrente, de acordo com a configuração da carteira de cobrança.



O usuário pode observar na figura anterior que temos dois agrupamentos de variáveis que não precisam ser preenchidos quando o arquivo de retorno se trata do serviço de pagamento.

Após o preenchimento das variáveis, o usuário deve clicar no botão Ler Arquivo Retorno, a fim de apresentar todos os registros contidos no arquivo. Conforme imagem abaixo:



Temos duas grades onde são apresentados os Pagamentos Validos / Com Restrições e Pagamentos Inválidos. Caso a empresa receba algum arquivo que não tenha ocorrência cadastrada no Sistema UNUM esse título será apresentado na grade de Recebimentos Inválidos informando o motivo de se tornar invalido, neste caso deve ser mantido contato com a UNUM para efetuar o cadastro da ocorrência.

Devem ser selecionados os títulos referentes aos pagamentos válidos e clicar no botão Gravar.

Os registros que forem apresentados com ocorrência de Rejeição de Pagamento, após a gravação poderão ser enviados novamente para o banco em uma nova remessa, lembrando que logo após o usuário efetuar a correção das restrições citadas pelo banco.

Depois de clicar no botão Gravar será apresentado um relatório com o resumo do arquivo lido, detalhando as ocorrências gravadas, conforme pode ser visto na figura abaixo.



Lembramos que o serviço de pagamento contém dois tipos de arquivos de retorno: 1 – Arquivo de Retorno com Confirmações de Agendamento ou Rejeição de Registros e 2 – Arquivo de Retorno com Pagamentos Efetuados ou Estorno de Pagamentos. Os dois tipos de arquivos são lidos pelo mesmo processo de Retorno, mas devem seguir uma seqüência de ler primeiro o Arquivo 1 e depois o Arquivo 2.

Caso o usuário deseje desfazer a leitura do arquivo de retorno ele deve utilizar o processo Detalhar ou Desfazer localizado em Financeiro > EDI Bancário. 


 

CONSULTA ANÁLISE DE EVENTOS DOS TÍTULOS

Essa consulta deve ser utilizada para auxiliar o processo de EDI Bancário. Ela tem o objetivo de listar todas as informações referente a títulos em transações do EDI Bancário, o usuário deve clicar na barra de menu principal, em Ir Para > Financeiro > Análise de Eventos dos Títulos. 

Nesse caso, o sistema vai exibir a figura a seguir, onde o usuário deve informar as variáveis que irão filtrar os títulos ou eventos.


Sugerimos ao usuário que irá utilizar a consulta a sempre preencher a variável Tipo de Evento com EDI para que visualize apenas informações referentes às transações do EDI Bancário.No agrupamento Dados do Titulo é onde deve ser informado algum dado referente ao titulo desejado. Após o usuário preencher as variáveis, deve clicar no botão Executar para gerar o relatório.

Em todas as transações do EDI registramos um evento, por exemplo: na Geração do Arquivo, registramos a Remessa e na recepção do retorno será gravado um evento de acordo com a ocorrência do retorno. Isso garante que o usuário possa rastrear o histórico do título.


 


PROCESSO DETALHAR OU DESFAZER

Este processo deve ser utilizado para auxiliar o usuário no processo de EDI Bancário. Ele tem o objetivo de apresentar as gerações e leituras de arquivos realizadas, o usuário deve clicar na barra de menu principal, em Ir Para > Financeiro > EDI Bancário. 

Nesse caso o sistema vai exibir a figura a seguir, onde o usuário deve informar o período de datas que deseja visualizar os eventos e o agrupamento que deseja visualizá-los.


Sugerimos ao usuário sempre informar um período curto para que a consulta seja mais objetiva, após o usuário preencher as variáveis, deve clicar no botão Executar para gerar o relatório. 



Ao executar o processo serão apresentados os eventos de geração e leitura de arquivos separados por horário, data e conta corrente. Ao clicar nos eventos da coluna detalhe serão apresentadas duas opções Gerar Relatório Detalhe e Desfazer EDI, conforme pode ser visto na figura a seguir.



Se o usuário clicar na opção Gerar Relatório Detalhe será apresentada uma consulta detalhando os títulos enviados ou lidos nos arquivos de EDI Bancário, agrupados por tipo de evento. Conforme pode ser visto na figura a seguir.


O usuário terá duas opções após a emissão da consulta Desfazer Alterações ou Sair que terão as respectivas ações, Apagar a geração ou leitura do arquivo do EDI retornando o titulo para carteira de cobrança anterior ao evento ou Retornar para as variáveis do processo. No próximo parágrafo você terá maiores informações referente à ação de deleção dos eventos.

Se o usuário clicar na opção Desfazer EDI, será apresentada uma grade chamada Título detalhando os títulos enviados ou lidos nos arquivos de EDI Bancário, conforme imagem abaixo. Só será possível desfazer uma operação de EDI se o titulo não tiver sofrido nenhum alteração depois da geração ou leitura do arquivo. Atualmente só é possível desfazer EDI de todo o arquivo, não é possível apenas a seleção de alguns títulos. 



O usuário terá duas opções após a apresentação dos títulos Gravar ou Sair que terão as respectivas ações, Gravar a deleção dos eventos de geração ou leitura do arquivo do EDI retornando o titulo para carteira de cobrança anterior ao evento ou Retornar para as variáveis do processo.