software‎ > ‎módulos‎ > ‎fiscal e regulamentação‎ > ‎

perguntas frequentes


como corrigir rejeição ao emitir pela primeira vez uma NFS-e?

postado em 23 de fev de 2015 12:44 por Otacilio Mota

Ao emitir uma NFS-e pela primeira vez, o sistema poderá apresentar a seguinte mensagem de rejeição:

Error: O envio da(s) NFS-e(s) não foi processado.
Solution: Contacte o administrador do sistema.
Details:
Código: 999
Mensagem: O conteúdo não é permitido no prólogo.
Correção: undefined
Source Location: /products/INTEQaccounting/library/nf-e/numeradores/objects/NotaFiscalServicoEletronica.ijs

Tente realizar o seguinte procedimento:
  1. Exclua o arquivo "tstore.jks", localizado em: /nfe/certificados;
  2. Reinicie a máquina responsável pela emissão da nota
    1. Observação: Esse reinício é necessário, pois o JAVA armazena em cache as informações dos certificados utilizados.
  3. Grave as configurações da NFe novamente;
  4. Tente emitir a nota novamente;

Como corrigir a rejeição 578 - A data do evento não pode ser maior que a data do processamento - ao cancelar uma NF-e?

postado em 24 de out de 2014 10:40 por Marco Antonio

A rejeição citada ocorre por conta da diferença de hora entre o sistema e o servidor da SEFAZ, onde a hora do sistema está adiantada em relação à hora do servidor da SEFAZ. Essa hora do sistema é usada para compor o evento de cancelamento. Para que não ocorra mais a validação citada, terá que seguir o seguinte passo-a-passo:

a) Consultar a nota no Gerenciador de NF-e.
b) Consultar o histórico de eventos da nota ( botão "Exibir Histórico" ).
c) Clicar nos eventos "Envio Evento Cancelamento NF-e" e "Retorno Evento Cancelamento NF-e".
d) Verificar a diferença de hora entre as tags "dhEvento" e "dhRegEvento" dos eventos citados acima.
e) Verificar como está definida a opção "Servidor Local" da configuração de NF-e. Caso esteja definido como servidor local, deve-se ajustar o relógio do computador do terminal de faturamento com base na diferença de hora. Caso contrário, o ajuste do relógio deve ser feito no computador onde está hospedado o servidor de aplicação.

Após o ajuste, basta retomar o cancelamento de NF-e.

quais permissões necessárias para visualizar NF-e no processo Gerenciador de Nota Fiscal Eletrônica?

postado em 2 de jul de 2014 05:56 por Usuário desconhecido

As permissões necessárias são:

1. Raiz > Configuração > Operações > Nota Fiscal > NFe
2. Raiz > Dados > Transacionai > Eventos > Eventos de Nota Fiscal > Eventos de NFe

Qual a versão do java pode ser utilizada no sistema UNUM?

postado em 21 de mar de 2014 05:55 por Usuário desconhecido

O sistema UNUM é incompatível com as versões superiores a 7 update 24 do Java (JVM), podendo gerar incompatibilidade com alguns serviços da NF-e, dentre eles a emissão e a carta de correção.

Solicitação de declaração conjunta para liberação de ECF

postado em 15 de fev de 2013 09:56 por Usuário desconhecido   [ atualizado em 12 de ago de 2016 08:01 por Paula Renata Murta Ribeiro ]

Todo cliente que precisar de declaração da Unum para liberação de ECF junto à Secretaria da Fazenda de cada Estado deverá solicitar ao administrativo através do email paula.murta@bematech.com com a declaração em anexo e com os dados do cliente preenchidos. No caso de dúvida ou necessidade de esclarecimento sobre o preenchimento dos dados do cliente na declaração ou qualquer outro questionamento fiscal deve ser direcionado pelo cliente ao seu Contador ou a Sefaz do Estado objeto da declaração.

A área administrativa da Unum preencherá somente a parte correspondente às suas informações na declaração e enviará ao cliente assinado e com firma reconhecida do representante legal da empresa. O prazo para entrega da declaração será de 2 dias úteis para o sistema que estiver homologado.

Como funciona a configuração de desconto suframa nos fatores tributários?

postado em 5 de out de 2012 07:48 por Usuário desconhecido

O cálculo do desconto suframa pode utilizar informações de ICMS, PIS e Cofins.
Contudo, a indicação da fórmula utilizada para o cálculo do desconto só é necessária na configuração de fator tributário de ICMS.

O preenchimento dos campos "DESCSUFRAMAPIS" e "DESCSUFRAMACOFINS" são feitos diretamente com o valor que seria calculado para PIS e COFINS dependendo da fórmula utilizada no fator tributário de ICMS.

Atualmente temos duas fórmulas possíveis no produto:
    1. ICMS, PIS e COFINS (Fórmula Padrão)
    2. Somente ICMS

1. A primeira fórmula efetua o cálculo padrão do sistema onde o campo DESCSUFRAMA é preenchido com a fórmula:

    DESCSUFRAMA = DESCSUFRAMAICMS + DESCSUFRAMACOFINS + DESCSUFRAMAPIS

Cada um dos campos acima, utilizados pela fórmula, é preenchido com o valor dos campos correspondentes dos impostos (ICMS, COFINS e PIS) caso o fator indique que o cálculo do suframa deva ser feito.

2. No caso de utilização da segunda fórmula, os campos DESCSUFRAMACOFINS e DESCSUFRAMAPIS não serão calculados fazendo com que o campo DESCSUFRAMA considere somente o valor do ICMS (através do campo DESCSUFRAMAICMS) para o seu preenchimento.

Quais procedimentos necessários para realizar a atualização do certificado digital ?

postado em 5 de out de 2012 07:47 por Usuário desconhecido   [ atualizado em 17 de abr de 2017 10:14 por Otacilio Mota ]

  1. Abra o Internet Explorer e na Aba "Ferramentas" ou pelo Painel de Controle do Windows:
    1. Clicar em: Opções de Internet >> Aba "Conteúdo" >> Escolher a opção "Certificados"
    2. Selecionar o certificado referente a empresa e clicar na opção "Exporta".
    3. Selecionar a opção "Sim, exportar a chave particular" e clicar na opçaõ "Avançar";
      1. Observação: Essa opção somente estará habilitada se o certificado tiver sido importado para o browser (navegador) com a opção de exportar com a chave particular.
    4. Selecionar as opções abaixo e clicar no botão "Avançar":
      1. Troca de informações pessoais...
      2. Incluir todos os certificados no caminho de certificação, se possível
      3. Exportar todas as propriedades estendidas
    5. Informar a senha do certificado
    6. Clicar em: Avançar >> Escolher o local onde o arquivo será salvo >> Concluir
      1. Sugestão: Criar uma pasta para gravar o arquivo, pois ele será importado pelo sistema posteriormente;
  2. Acessar o processo Importar Arquivos( Ir Para > Desenvolvimento > Virtual File System > Importar Arquivos ).
    1. Preencher o campo Caminho, informando o caminho completo do diretório ou arquivo que será importado. 
      1. No campo diretório de destino informe "certificados".
    2. Clicar em executar.
    3. Verifique que o certificado informado estará com a opção "Criar";
    4. Clicar em "Importar";
    5. Observação: Orientações semelhantes a essa está no texto de ajuda do campo "Certificado Digital" da grade "Cadastro de Certificados para Empresas" do cadastro de empresas;
  3. Abrir o cadastro de Empresas;
    1. Selecionar a empresa que deseja importar;
    2. Atualizar o cadastro "Cadastro de Certificados para Empresas" com o certificado recém importado;
  4. Acessar o diretório onde encontra-se do executável do sistema;
    1. Acessar a pasta "nfe/certificados" e excluir o arquivo "tstore.jks";
    2. Em seguida, deve ser gerado um novo arquivo tstore.jks através do processo: bematech/Fiscal e Regulamentação / Configurações / Nota Fiscal Eletrônica / Configurações de NF-e
    3. Em seguida o iEngine deve ser reiniciado para que as informações dos certificados sejam renovadas na memória da máquina virtual java associada ao aplicativo.

como gerar os livros de saída e apuração de icms para vendas com redução na base de cálculo?

postado em 1 de dez de 2010 12:43 por Usuário desconhecido   [ 2 de dez de 2010 05:04 atualizado‎(s)‎ ]

Algumas operações, como as vendas inter-estaduais, podem possuir incentivos fiscais, como a redução na base de cálculo do ICMS no momento de sua apuração. Essa redução na base de cálculo poderá sair tanto no Registro de Saídas quanto no Registro de Apuração de ICMS.

Caso a redução deva sair no Registro de Saída, bastaria apenas criar um fator tributário para tratar essa redução, mas essa informação sairá também na Nota Fiscal. Se deve ir somente para o Registro de Apuração de ICMS, deverá ser feito um lançamento manual para ajustar o valor do ICMS a Débito devido a redução da base de cálculo. 

o que fazer quando uma baixa de pedido foi rejeitada pela sefaz?

postado em 10 de nov de 2010 05:54 por Usuário desconhecido   [ atualizado em 10 de nov de 2010 06:17 por Usuário desconhecido ]

Quando uma baixa de pedido é rejeitada pela SEFAZ, deve ser utilizado o processo de Cancelamento de Notas Fiscais mesmo que a NFe não tenha sido emitada pela SEFAZ.

O processo de Cancelamento de Notas Fiscais executa o cancelamento da baixa no sistema UNUM (liberando o pedido para que seja feita uma nova baixa) e o número utilizado na baixa é inutilizado no site da SEFAZ. Esse número aparecerá no Gerenciador de Notas Fiscais como "Inutilizado com Sucesso".

como emitir uma nota fiscal de acompanhamento?

postado em 10 de nov de 2010 05:22 por Usuário desconhecido   [ atualizado em 10 de nov de 2010 06:15 por Usuário desconhecido ]

A Nota Fiscal de Acompanhamento é emitida a partir do processo Emissão de Documentos (Ir Para > Venda > Pedido). Quando entrar nesse processo, o usuário deverá digitar a variáveis para encontrar o Cupom Fiscal para o qual se deseja emitir a NF de Acompanhamento (pode ser a chave da criação do Cupom Fiscal, a data de emissão, Número do Cupom, Local de Escrituração, etc.).

Depois será aberta uma nova tela onde deve ser selecionado o Cupom Fiscal, e depois pressionar a opção "Emitir NF".

1-10 of 11